ENGETOP - Marca Monochrome Branca.png

Artigos e Notícias

Comissão de educação aprova projeto de lei das empresas juniores

12.08.2015

Agora há pouco, no início da tarde dessa quarta-feira, 12, a comissão de educação da Câmara dos deputados federais aprovou o projeto de lei que visa normatizar a atuação das empresas juniores. Em sessão plenária na capital federal, Brasília, o projeto foi aprovado por unanimidade. O momento contou com presença maciça de empresários juniores, oriundos de diversas regiões do país, que vibraram intensamente com a aprovação unânime do projeto.

A partir da esq., Victor Casagrande, da Confederação Brasileira de Empresas Juniores, Dilvo Ilvo Ristoff, do MEC, Dorinha Seabra, deputada federal (DEM), Alessandro Marques, da Brasil Júnior e João Glicério, doutor em direito público. (Foto: Letícia Medeiros/Brasil Júnior).

 

“(com a aprovação) Será possível pleitear com maior facilidade o reconhecimento das empresas dentro das instituições de ensino, além de garantir espaço físico, orientação em projetos e reconhecimento de carga horária dos professores orientadores” – afirma Victor Casagrande, Presidente da Brasil Júnior – Confederação Brasileira de empresas juniores.

 

O projeto de lei foi proposto no ano passado pelo senador José Agripino (DEM-RN) e está em pauta no Congresso Nacional desde março.

 

“Muitas empresas juniores não sabiam o que poderia significar a lei, mas nos últimos três anos foram mobilizadas. A aprovação é um estímulo para que novas surjam”, disse Agripino à Folha de S. Paulo.

 

A Bahia se fez presente nesse momento especial. Representantes da Diretoria Executiva da UNIJr-BA – Federação baiana de empresas juniores foram a Brasília e acompanharam de perto todo o momento especial.

 

A ENGETOP também fez questão de enviar representantes para a câmara, em Brasília. Iago Vieira, diretor Presidente e Danilo Morais, conselheiro (foto abaixo) puderam sentir a emoção da aprovação de perto.

 

 Foto: Assessoria / ENGETOP

 

“Foi de arrepiar! O sentimento de orgulho e felicidade tomou conta de todos os empresários juniores presentes. Muita emoção e muita relevância para o futuro do movimento empresa júnior e do país”, disse Iago Vieira, visivelmente emocionado.

 

Agora o projeto vai para a Comissão de Justiça e, caso aprovado, vai para o Senado, que pode deixar a decisão nas mãos da Presidente do Brasil, Dilma Rousseff. Enquanto isso, quase 10 mil empresários juniores, divididos em mais de 250 empresas, continuam impactando na economia e, principalmente, na formação de melhores pessoas para o país.

 

Para conhecer melhor o projeto de lei e acompanhá-lo, acesse: Projeto de lei 8084/2014 – empresas juniores e apoie essa causa!

 

Marcadores:

Please reload

Gostou do que leu? Assine nossos artigos