ENGETOP - Marca Monochrome Branca.png

Artigos e Notícias

4 Vantagens da compatibilização de projetos

Compatibilização de projetos é um termo que no ramo da construção civil é essencial para que a obra se realize da melhor forma possível. As engenharias e a arquitetura possuem papel fundamental para que uma obra saia do papel, e na atual situação econômica do pais, a mais barata possível. A escolha desse tema deve-se a quantidade de projetos que uma construção precisa para sair do papel já que em uma obra pode-se encontrar projetos arquitetônicos, topográficos, hidrossanitários, elétrico, combate à incêndio, estrutural, entre vários outros.

 

O investimento para que uma construção tenha a etapa de planejamento inserida no planejamento muitas vezes pode ser alta, em torno de 1% a 1,5% do valor, logo os investidores e gerentes não preparados não pensam duas vezes para descartar essa fase. Um grande erro, já que isso pode significar um prejuízo de 5% a 10% do mesmo valor.  Por isso a ENGETOP trouxe como tema as vantagens da compatibilização de projetos.

 

O que é compatibilização de projetos?

 

De maneira geral, a compatibilização consiste em sobrepor da melhor forma possível todos os projetos necessários para uma obra, sejam eles hidráulico, elétrico, arquitetônico, entre outros. A principal função da compatibilização é reduzir ou até mesmo eliminar as interferências físicas e perdas de funcionalidade de uma edificação, o que ocasiona retrabalho no canteiro de obras, racionalização de materiais e tempo de obra.

 

Vantagens da compatibilização de projetos

 

Como já foi dito anteriormente é fundamental um certo investimento em cima da compatibilização de projetos para evitar grandes sustos, porém essa compatibilização pode trazer outras vantagens, as 4 principais podem ser:

 

Prevenção
Consiste basicamente em prever os problemas e rever soluções, ainda na fase de projeto, e garantir que não haja retrabalho no canteiro de obras e assim o custo da obra se mantenha. Isso fica evidente no gráfico abaixo em que mostra a origem dos problemas de uma obra, cerca de 45% vem da concepção e projetos.

Origens do problema da obra (MOTTEU; CONDE,1989, apud BELEM, 2015)

 

Orçamento
Depois de realizada a compatibilização de todos os projetos, inclusive arquitetônico, permite-se que o orçamento da obra seja feito com um valor mais próximo do real e não de forma estimativa. Essa compatibilização garante não só um trabalho de qualidade como a satisfação do cliente final, já que nenhum cliente quer pagar a mais.

 

Arquitetura x Engenharia

O projeto arquitetônico possui sim a mesma importância dos outros projetos de engenharia. Na etapa de compatibilização de projeto muito se pensa nas engenharias e muitas vezes esquecem do arquitetônico – que possuem papel fundamental de tornar o sonho do cliente em realidade na elaboração de uma obra – o que torna a edificação incompleta.

 

Tempo
O tempo é uma variável que nenhum arquiteto ou engenheiro esquece ou quer prolonga-lo já que perder tempo pode ser sinônimo de perda de dinheiro. Por isso muitos pulam a etapa da compatibilização de projetos por falta de informação de achar que pode ser uma perda de dinheiro, mas não é já que o ganhos são muito maiores.

Please reload

Gostou do que leu? Assine nossos artigos