ENGETOP - Marca Monochrome Branca.png

Artigos e Notícias

5 dicas para escolha do melhor revestimentos para sua casa

                Mármore, Granito, Quartzito... Com tantos tipos de rochas como escolher a melhor para a minha obra? São tantas variedades de cores, composição, textura e resistência no mercado que fica até difícil escolher um revestimento para fazer parte da nossa casa, porém em escolhas como essa não podemos nos levar pela emoção, porque nem tudo que é bonito é a sua melhor opção e pode se tornar a sua dor de cabeça de amanhã.

                Pensando nisso, esse artigo traz cinco dicas de materiais para facilitar a sua decisão e ajudar na escolha da melhor rocha para a sua necessidade.

                A primeira é fácil de encontrar dentro de residências, principalmente usada em bancadas, pisos e pias, o Mármore. Isso com certeza é motivado por sua beleza e sensação de limpeza que ela possui. Porém, com esses fins, o mármore pode causar alguns transtornos e até mesmo decepcionar o comprador uma vez que, por sua constituição ser baseada em calcário, ele apresenta baixa resistência mecânica e é altamente reativo a ácidos e químicos, possuindo maior facilidade em absorver água e escurecer. Ou seja, de maneira pragmática, em banheiros, bancadas e chãos o mármore não deve ser empregado, contudo essa rocha pode durar por muito mais tempo se usada como decoração e revestimento nas paredes.

               

  

 

                Muito comparado com o mármore pelo aspecto visual, o Granito possui uma resistência mecânica muito maior. Por isso, é uma rocha mais durável ao desgaste mecânico. O Granito também possui uma elevada resistência à abrasão, ou seja, o uso de materiais de limpeza muito agressivos e até a poluição não o desgasta.

                Outro ponto positivo para o uso do Granito é o custo, seu preço é muito mais em conta no mercado se comparado principalmente com o mármore, se tornando uma rocha bem acessível. Por essas razões o granito é muito indicado para os locais aonde o mármore não possui uma boa performance como em bancadas, banheiros e chãos, além também de ter um bom desempenho em paredes e fachadas.

 

           

 

                O Sienito é uma rocha relativamente rara, porém muito comum no litoral brasileiro. Sua composição baseada em Ortoclásio e Quartzo fornece ao Sienito uma alta resistência mecânica e uma baixa porosidade, porém deixa a desejar na resistência à abrasão. Sendo assim o seu uso é recomendado apenas no uso de áreas internas, onde possui uma grande circulação, mas não sofre com as intempéries externas, como chuvas.

               

                Partindo para a nossa quarta dica, o Arenito é uma rocha sedimentar composta por grãos de quartzo, calcário ou feldspato, fornecendo ao arenito uma composição com resistência suficiente para o uso em pisos internos, mas ainda assim ele normalmente recebe polimento e rejunte de granilite para poder aumentar ainda mais o seu desempenho, podendo ser usado também em áreas externas.

 

 

 

                A nossa última dica fala sobre o Quartizito. Sua composição é basicamente quartzo e a maneira mais fácil de diferencia-los é pela cor, o quartzo possui uma variedade imensa de cores, indo de transparente até violeta, já o Quartizito não possui tamanha gama de cores, sendo mais encontrado em cores leves, como branco ou bege.   

               Mas o que realmente importa são suas propriedades: possui alta resistência mecânica, e um antiderrapante natural, o que o torna ideal para áreas externas. Sua alta resistência a produtos químicos faz com que você fique despreocupado caso algum produto de limpeza agressivo caia nele, pois a rocha irá permanecer sem nenhuma mancha. A propriedade que o deixa como a melhor escolha para revestimento em áreas externas é a resistência ao aquecimento do sol, uma vez que o Quartizito não sofre nenhum dano por conta disso, sendo ideal para piscinas e arredores de áreas molhadas.

 

 

 

               Com ajuda a hora de decorar e escolher o melhor revestimento para a sua casa será menos preocupante e, além da beleza que esses materiais proporcionam, sua escolha pode ainda fazer com que o revestimento ou bancada dure por muito mais tempo, acabando com a dor de cabeça e ainda fazendo você economizar com eventuais manutenções.
               Gostou do artigo? Você pode acessar nossos outros materiais no site, fique ligado para novas dicas.

Please reload

Gostou do que leu? Assine nossos artigos